A ADZ – Abrad´Os Zóio nasceu em 2011 de uma forma um tanto quanto despretensiosa e, aos poucos, foi agregando os componentes até sua atual formação. O intuito dessa união teve como principal proposta difundir o Funk-Rock-Oxente, uma mistura de ritmos efervescente feito especialmente em louvor à cultura e às raízes paraibanas, que tem agradado ao grande público de forma impactante.

Em Janeiro deste ano a Abrad´Os Zóio teve a honra de abrir o show do cantor Seu Jorge para um público estimado em 50 mil pessoas.

As letras e os ritmos instigantes como o do Rock’n Roll, o groove da Funk Soul Music misturados ao regionalismo do Baião, Maracatu, Ciranda, Coco de Roda e as várias nuances da grande MPB, dão um novo significado à MPB, sendo assim, a Música Paraibana Bacana.

Como principais influências sonoras e poéticas, a banda leva na bagagem trabalhos de artistas como Djavan, Lenine, Dominguinhos, Alceu Valença, Zeca Baleiro, Belchior, Vital Farias, Cátia de França, Chico César, Pedro Osmar e outros bons artistas e promete fazer muito “ barulho”, levando esta linda “paraibanidade” para todo o Brasil.

Segundo o vocalista do grupo, Yuri Carvalho, “a ADZ surgiu da necessidade de se fazer música com uma identificação pessoal dos integrantes, que buscou nas raízes intimistas, um encontro entre o trabalho e o prazer.”

“A ADZ faz um trabalho de característica singular, e que vai de encontro a tudo o que a Indústria Cultural defende e propaga, sendo assim sensível a uma demanda de público ansioso por um estilo diferente, por identidade própria e, quem sabe, um novo cenário para música brasileira”, defende Pedro Medeiros, guitarrista da Abrad’Os Zóio.

A sonoridade é impar, numa busca incessante pela qualidade vocal e por toda uma sensibilidade musical que faz o ouvinte se sentir embalado por essa bela homenagem à cidade que os viu nascer, os criou e que hoje abre os seus braços para receber a mais nova MPB – Música Paraibana Bacana da Abrad’ Os Zóio. Um trabalho rebuscado para os olhos e os bons ouvidos.

 

DISCOGRAFIA E CARREIRA

 

O primeiro trabalho autoral da banda foi financiado pelo edital nº 001/2011 do Fundo Municipal de Cultura – FMC, promovido pela Fundação Cultural de João Pessoa – Funjope.

Em Agosto de 2012, na Usina Cultural da Energisa, a ADZ lançou seu primeiro disco, intitulado “Cidade das Neves”. O Show cujo o título é o mesmo do álbum, obteve bastante aceitação da mídia pessoense e do público local, lotando a casa.

Dezembro de 2013 foi comemorado os dois anos de aniversário da banda e, os artistas paraibanos Escurinho, Geovan Moraes e a banda Os Gonzagas, além da atração nacional, Liah Soares, dividiram palco com a ADZ.

Com o tema “Carnaval Multicultural”, em fevereiro de 2014, a banda dividiu palco, dessa vez, com a cantora e compositora potiguar, Khrystal, ex-participante do reality show “The Voice Brasil”. Maio e Junho a banda emplacou o Show “ADZ&Elas”, e com muita alegria misturou os tons e as cores com as artistas Bruna Borges, Manu Lima, Nathália Bellar, Mira Maya, Gitana Pimentel e Helayne Cristini. Em Julho do mesmo ano, a ADZ fez sua primeira turnê fora de João Pessoa, chegando no sertão da Paraíba, nas cidades de Cajazeiras, Souza e Patos e, no mês de Agosto, subiu ao palco com o cantor Nando Cordel, na cidade de Bananeiras, pelo Festival Caminhos do Frio da Paraíba.

Em Janeiro de 2015 a Abrad´Os Zóio teve a honra de abrir o show do cantor Seu Jorge, no palco do Festival “Extremo Cultural – onde o Som nasce primeiro”, nas areias da praia de Tambaú para um público estimado de 50 mil pessoas, segunda a organizadora do evento.

ADZ é:

• YURI CARVALHO (vocal) – Relações Públicas, formado pela UFPB e vocalista no Grupo Voz Ativa.
• PEDRO MEDEIROS (Direção musical e guitarras)- Licenciado em Música e educador multi-instrumentista.
• MURILO ALBUQUERQUE (contrabaixo) – Licenciando em Pedagogia pela UNAVIDA e Sequenciando em Música Popular pela UFPB.
• GEORGE GLAUBER (baterista)- Mestre em Etnomusicologia pela UFPB e Professor de Música do IFPB.
• LUCAS DAN (teclados e sanfona) – Graduando em acordeom pela UFPB e educador musical.
• PEDRO FREIRE (percussão).- Mestrando em performance pela Universidade de Aveiro – Portugal.

“Essa irreverência, essa coragem de pular sem rede de segurança, dá a esses jovens, peculiar digital na música que se faz hoje na Paraíba. Preparem o coração e os pés para dançar muito. Esse CD vem para ganhar o MUNDO.”

– Cátia de França

 
Para conhecer mais a ADZ:
 

www.facebook.com/AbradOsZoio
www.AbradosZoio.tnb.art.br
www.twitter.com/AbradosZoio
www.instagram.com/AbradOsZoio
www.youtube.com/AbradOsZoio

 
Mais informações:
 

Plural – Produções e Marketing Cultural | Gerusa Cardoso
Fone: (83) 9963.5679 | [email protected] | [email protected]